RSS

Um tesarac no jornalismo contemporâneo

23 nov

Muito bom e lúcido o artigo de Carlos Castilho no site Observatório da Imprensa.

“Tesarac é uma destas expressões surgidas no bojo da confusão conceitual provocada pela quebra de modelos gerada pela internet. Ela foi criada pelo poeta e compositor norte-americano Shel Silverstein, logo depois da morte de sua filha de cinco anos para simbolizar um estado de desorientação completa.

Mas logo depois o substantivo tesarac foi adotado pelos especialistas em marketing para descrever uma situação caracterizada pela ausência de paradigmas, ou seja, um modelo de negócios agoniza mas o novo ainda não se consolidou, provocando uma situação marcada pela incerteza, insegurança, onde é impossível prever o desenrolar dos acontecimentos.

Tudo isto descreve mais ou menos o que está acontecendo na área do jornalismo, que é sem sombra de dúvida o setor da comunicação social mais afetado pelas mudanças provocadas pela internet”…. (continua no site).

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em 23/11/2009 em Jornalismo, Web 2.0

 

Uma resposta para “Um tesarac no jornalismo contemporâneo

  1. Humberto

    27/11/2009 at 05:20

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: