RSS

Arquivo da tag: Cibercultura

Massimo Di Felice fala sobre Paisagens Pós-urbanas em São Paulo

“Paisagens Pós-urbanas – o fim dos pontos de vista centrais, a construção tecnológica e colaborativa das visões de mundo” é o tema da Palestra do italiano Massimo Di Felice, sociólogo formado pela Università degli Studi La Sapienza, especialista em  Teoria e Analisi Qualitativa nella Ricerca Sociale pela mesma universidade e doutor em comunicação pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP). É também coordenador do Centro de Pesquisas ATOPOS/ECA-USP.

Após a palestra, haverá uma mesa redonda com a participação de Júlio Duram (UOL), Gisele Dupin (SID/Minc), Tio Pac (Filmagens Periféricas) e Anápuáka Tupinambá Hã-hã-hãe (Blogger Índios Online). O tema do debate será: “Mídias Nativas – a digitalização das culturas locais e a tomada coletiva da palavra”.

Local e horário: Sesc Consolação – 30 de setembro, das 14h às 18h. Mais informações em Ciclo Era Digital.

palestramassimo

 

Tags:

Ciberdemocracia é tema de palestra e lançamento de livro

Na próxima quarta-feira (20/08), às 19 horas, o diretor do Programa McLuhan em Cultura e Tecnologia da Universidade de Toronto, Derrick de Kerckhove, um dos últimos colaboradores de Marshall McLuhan, realiza na Livraria Cultura (Conjunto Nacional da tradicional Avenida Paulista, em São Paulo – Brasil), uma palestra com uma análise aprofundada sobre os impactos trazidos pela tecnologia digital na democracia de nosso mundo contemporâneo. O evento é gratuito e aberto a todos os interessados.

Um dos temas a ser abordado se refere à ciberdemocracia  e as novas formas de participação social e política, propiciadas pelo advendo da comunicação em rede. Marcada pela passagem das formas unidirecionais da comunicação de massa para aquelas plurais e tecnologicamente interativas das redes, as práticas da comunicação contemporânea criam uma nova forma de interação com o território.

Com isso, as formas comunicativas ligadas à visualidade das telas do cinema ou da TV estão sendo substituídas pelas formas interativas e táteis da computação móvel, as quais permitem ao indivíduo interagir e atuar, de maneira cada vez mais ativa, em seu espaço social através das informações digitalizadas que ele mesmo produz.

Para Derrick de Kerckhove, enquanto o texto impresso mobiliza a subjetividade, e a TV, a coletividade, o computador trabalha a conectividade, o acesso pessoal ao mundo inteiro através do tempo. “Entramos na sociedade conectiva. Não penso mais o coletivo, penso o conectivo”, diz.

Livro

Além da palestra, o evento será marcado pelo lançamento do livro Do Público para as Redes, organizado pelo prof. Massimo Di Felice (ECA-USP) e editado pela editora Difusão. A obra é o resultado da interação e do diálogo ativado pelo Centro de Pesquisa ATOPOS da ECA, com vários pesquisadores que, em distintos lugares do mundo, também estudam o impacto das tecnologias digitais na prática de participação tecnológica e colaborativa da cidadania contemporânea.

O livro traz visões e pesquisas de diferentes de autores e especialistas internacionalmente reconhecidos, entre eles Derrick de Kerchove, diretor do McLuhan Program da Universidade de Toronto, Alberto Abruzzese, diretor do Instituto di Scienze della Comunicazione da Universidade de Milão, e Bragança de Miranda, diretor do Centro de Estudos de Comunicação e Linguagem da Universidade Nova de Lisboa.

Na obra, os autores sugerem conteúdos e teorias para poder analisar as dimensões e os significados das transformações em ato nas formas de participação no interior dos processos de criação das redes sociais digitais.

Para mais informações: Assessoria de imprensa Atopos (ECA/USP): Juliana Kiyomura – julikyo@hotmail.com

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18/08/2008 em Jornalismo

 

Tags:

Midias Nativas: de conceito a campo de possibilidades

Excelente post do professor brasileiro Massimo di Felice..

A destacar: “Abrem-se assim as possibilidades de pensar um novo conceito de virtualidade como também um outro conceito de social. Tornam-se, em tal perspectiva, inadequados um conjunto de conceitos (o de urbano, o de ator social) e um conjunto de dualidades que contrapõem o centro às periferias, a cultura erudita à cultura popular, a técnica ao homem, a mídia ao intelecto.”

 
Deixe um comentário

Publicado por em 08/05/2008 em Jornalismo

 

Tags: ,

O prefeito do ciberespaço…

Para o morador do Rio de Janeiro, no Brasil, não é novidade o prefeito da cidade, César Maia, utilizar seu “blogue” para postar sempre algo que julgue ser importante. Porém, ainda são poucos os políticos desta geração que conseguem aproveitar tudo o que a internet oferece.

Entre posts bem-humorados e piadas inteligentes, o amigo Ventura, de O Globo, relata um pouco das façanhas do prefeito do ciberespaço. Lê-se no blogue do Ventura: “Abro o ex-blog de Cesar Maia e leio as notícias. Tem informações sobre o escândalo BNDES, sobre o Hospital da Lagoa, o assalto a um advogado, Petrobras, TCU, engarrafamento, Bolívia, Karl Marx, Churchill. Mas a notícia que mais me chamou a atenção foi: “Prefeito do Rio visita as obras do favela-bairro no Complexo do Turano e em Manguinhos!”. E ainda tem gente que diz que o prefeito não sai de trás do computador. Para quem não acredita tem até vídeo no youtube para provar. “E ainda tem gente que diz que o prefeito não sai de trás do computador. Para quem não acredita tem até vídeo no youtube para provar.”

 
Deixe um comentário

Publicado por em 06/05/2008 em Internet, Política

 

Tags: ,